6 de julho de 2015

Os dias

| |
- Os dias vêm, os dias vão
Nada se compara ao coração
E num instante tudo pode acontecer
Desaparecer
O hoje é importante
Num rol constante
Nada acontece abruptamente
Há algo iminente
O agora é deixar fluir
Esvair


Nenhum comentário:

Postar um comentário