14 de junho de 2015

Cada segundo sem você

| |
- A saudade bate profundamente a cada segundo que sinto sua falta. Parece um sonho ilusório, que a qualquer momento vou despertar e você estará novamente aqui comigo. Os sonhos refletem uma realidade inexistente. Frustrante. Apenas o real é necessário para nos tocar e nos fazer sentir esse turbilhão de emoções que se apossam de nossos sentimentos. O hoje é a tentativa pertinente do ontem. O amanhã talvez uma realidade dolorosa, mas que com o tempo se compila em novos sentimentos. Isso se chama SENTIR. Talvez sentir seja errôneo, porém nos transforma trazendo a compreensão de que tudo acontece por um motivo e, se não ocorreu é porque não era para SER.

Nenhum comentário:

Postar um comentário